sagres-antiga

O casal Orlando e Ana Gomes, recém chegados de Portugal, foram trabalhar como feirantes na zona leste de São Paulo, vendendo frios e queijos para dar uma vida digna aos seus filhos Fernando, Fátima e Carlos. Após muitas dificuldades, em 1992 nascia a Casa Sagres.

A Casa Sagres era uma pequena mercearia no bairro da Mooca onde continuavam a vender frios e queijos, e começaram também a trabalhar com bacalhau e pertences para feijoada. Dona Ana, sempre caprichosa, criava cestas de produtos e patês especiais para seus clientes, estes que são feitos por ela até hoje.

E assim a Casa Sagres permaneceu firme, conquistando uma clientela fiel em toda a região do bairro.  Em 2007, com o falecimento do Sr. Orlando Gomes da Silva, seu filho Carlos assumiu a Casa Sagres, juntamente com Dona Ana e o irmãos.

IMG_4605

Com o passar do tempo, a pequena mercearia na esquina das Ruas Natal e Campo Largo começou a se destacar.
Cada vez mais rótulos de vinhos vindos dos mais importantes centros produtores do mundo, se faziam presentes.
Feiras especializadas com participação de produtores e degustações guiadas, e uma grande variedade de azeites, azeitonas, queijos, embutidos e charcutarias das melhores procedências, foram somados aos produtos comercializados pela Casa Sagres.

Criaram também uma identidade única na Mooca por ofertarem o bacalhau do Porto, Gadus Morhua, que hoje é a especialidade da Taberna Sagres, restaurante da Casa e um passeio obrigatório para todos os moradores e visitantes do bairro.

Hoje a Casa Sagres triplicou sua área física, tornando-se um dos maiores empórios da cidade, aumentando ainda mais o acervo de produtos com massas frescas e importadas, pães, chocolates importados, especiarias, cervejas especiais e destilados diversos.

Diante de todas essa história maravilhosa, nós os convidamos a vir conhecer a nossa Casa e conferir o motivo de termos criado este grande laço de amizade com todos os nossos clientes.